Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

OS CAMINHOS DE SÃO PEDRO

De Dentro Geral Em 25/06/2021


São Pedro foi um dos mais importantes apóstolos. Ele deixou toda a sua vida para seguir os passos de Jesus. Mesmo errando e duvidando da sua própria fé, ele foi escolhido por Cristo. Hoje, vamos percorrer os caminhos de São Pedro e saber mais sobre aquele que é conhecido como o primeiro Papa da Igreja e também padroeiro dos pescadores e dos Papas.

Quem era São Pedro

Nascido em Betsaida, na Galileia, São Pedro era filho de Jonas. O apóstolo André era seu irmão e o nome de São Pedro em seu nascimento era Simão, ou Simeão. Pedro era pescador e trabalhava com o irmão e o pai.

Estátua dedicada a São Pedro – Cafarnaum, Jerusalém

Onde São Pedro vivia

São Pedro, que na época ainda era Simão, vivia em Cafarnaum, lá ele tinha sua própria casa onde vivia com a sogra.

Diferentemente de Nazaré e de Belém, Cafarnaum era uma cidade de certa importância. Pelas estradas de Cafarnaum circulava gente de todo tipo de classe social: pescadores, artesãos, mercadores, coletores de impostos, etc. Mesmo sendo um centro importante, Cafarnaum estava longe dos centros de poder como Tiberíades.

Cafarnaum

A casa de Pedro ainda existe e os arqueólogos possuem mais do que um elemento para afirmar que aquelas quatro paredes colocadas abaixo da igreja construída sobre o sítio arqueológico da antiga Cafarnaum são do apóstolo. Além disso, de fato, foram encontrados pequenos traços, mas importantes que permitem dizer que naquela casa de pescadores existia uma comunidade primitiva ligada à recordação de Pedro.

Dada a movimentação de pessoas na cidade, sabe-se, por exemplo, que Jesus poderia anunciar sua mensagem de salvação sem provocar uma imediata reação dos chefes políticos e religiosos.

Cafarnaum foi a pátria de Pedro e de seu irmão André, de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que Jesus escolheu como discípulos. Isso quer dizer que é bem provável que Jesus tenha sido hóspede e vivido em Cafarnaum na casa de Pedro, pois, de fato, ali Jesus realizou a cura da sogra de Pedro (Mt 8, 14-17).

Ruínas da igreja octagonal bizantina construída sobre a casa de São Pedro- Cafarnaum

O encontro de Pedro com Jesus Cristo

 Simão, chamado de Pedro por Jesus, foi um dos Apóstolos do Messias e escolhido para ser o primeiro Papa da Igreja Católica. Foi um dos que primeiros chamados por Jesus e o seguiu em todas as suas pregações.

O primeiro chamado

O primeiro chamado de Pedro quando Jesus o chamou das trevas para a luz, manifestando-se a ele como o Filho de Deus.

 “André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o que João dissera e que haviam seguido Jesus. O primeiro que ele encontrou foi Simão, seu irmão, e lhe disse: “Achamos o Messias” (isto é, o Cristo).” ( João 1, 40-41)

O segundo chamado

Em seguida, o segundo chamado de Pedro foi feito no mar da Galileia. Lá Jesus fez o chamado para que Pedro e André o seguissem:

“E Jesus, andando junto ao mar da Galileia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores;
E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Então eles, deixando logo as redes, seguiram-no.
E, adiantando-se dali, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, num barco com seu pai, Zebedeu, consertando as redes;
E chamou-os; eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no.”
(Mateus 4:18-22)

Mar da Galileia – Jerusalém

O terceiro chamado

No terceiro chamado de Pedro vemos a convocação para que se torne um apóstolo.

E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal. Mateus 10:1

O legado de São Pedro

Interior da Igreja de São Pedro in Gallicantu – Jerusalém

Pedro negou Jesus por três vezes depois de sua prisão e, depois da Ressurreição, foi eleito como guia da comunidade cristã de Jerusalém. Sua pregação chegou a Roma, onde morreu mártir, durante as perseguições de Nero.

Detalhe em mosaico da Igreja de São Pedro in Gallicantu – Jerusalém

Detido no cárcere Mamertino, em Roma, foi crucificado, por seu pedido de cabeça para baixo, entre 64 e 67 d. C., onde hoje está a Basílica Vaticana . Hoje em dia, por exemplo, muitos peregrinos buscam se conectar com os caminhos de São Pedro visitando locais sagrados como:

A Basílica de São Pedro

A Basílica de São Pedro foi construída por Constantino durante o pontificado de Silvestre I (314-335), enquanto o imperador por meio do Edito de Milão em 313 tinha consolidado a liberdade de culto para os cristãos (já reconhecido em 311 pelo edito de Galério) e favoreceu a construção de numerosas igrejas, sendo a primeira a Basílica de Latrão.

Para erguer a Basílica de São Pedro, Constantino fez pavimentar quase todos os mausoléus que se erguiam sobre a necrópole do Vaticano, câmaras funerárias subterrâneas com aterro e nível de toda a área chamada público Sancti Petri.

Basílica de São Pedro- Vaticano

Primeiramente, em sua forma atual, a basílica foi reconstruída entre a XV e XVII século. O sucessor, Júlio II, confiou o trabalho a Bramante em 1505. No entanto, Bramante morreu e então Michelangelo continuou a levantar a imponente cúpula, que domina a basílica e é sua principal beleza. Finalmente, portanto em 18 de novembro de 1626, a basílica foi concluída e o Papa Urbano VIII realizou a sua consagração.

Portanto, as escavações do século XX, realizadas sob o pontificado de Pio XII, confirmaram que a basílica foi construída à direita do glorioso sepulcro, rodeado por vários outros túmulos orientados para ele e delimitado por uma parede cheia de grafites que ostentam repetidamente os nomes de Cristo, Maria e Pedro.

Além disso, a Basílica de São Pedro é talvez a igreja mais sagrada e importante da cristandade, localizada na Cidade do Vaticano, ou seja, no coração da Igreja Católica.

Igreja de São Pedro in Gallicantu – Jerusalém

A mensagem de São Pedro

A vida e história de São Pedro certamente nos levam as mensagens fundamentais da crença cristã. Ou seja, através de São Pedro vemos exemplificados o poder da fé, o dom do perdão e a promessa de vida eterna.  É ele que detém a chave dos céus e nos guia até lá. São Pedro, rogai por nós.

Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.