Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

Oportunidade de Conversão

De Dentro Geral, Terra Santa Em 20/03/2019


Oportunidades de Conversão!

O Evangelho de hoje (Lucas 13:1-9) nos dá uma chave extremamente importante para a nossa vida: todo evento doloroso é uma oportunidade para converter, mudar, melhorar!

Vamos começar com os fatos: Pilatos, governador romano da Judéia, para demonstrar a força do Império Romano, havia matado brutalmente os peregrinos da Galileia junto com os animais que eles estavam sacrificando no Templo; uma verdadeira abominação para a mentalidade bíblica. Algumas pessoas vão até Jesus e perguntam: “Por que essas coisas aconteceram com eles? Que pecados eles já cometeram para merecer essa punição?” (Cf. Lucas 13:4). Jesus não responde a esta pergunta (errada), mas convida-os a usar esses fatos dolorosos como oportunidades de mudança.

Jerusalém

Primeiro: Jesus deixa claro que é errado procurar sempre uma conexão direta entre culpa e morte, entre pecado e injúria. Deus os castigou? Não é um problema de “maior ou menor culpa”. O Senhor nos convida a nos perguntarmos: “mas se eu estivesse em seu lugar, em que condições eu me encontraria?” Em primeiro lugar, o Senhor nos convida a usar esses eventos como oportunidades para refletir sobre nossa vida e nos convertermos hoje: Deus nos assegurou Sua misericórdia, mas ninguém nos assegurou o amanhã (Santo Agostinho).

Segundo: Essas situações dolorosas se tornam oportunidades de conversão porque nos chamam para agir para ajudar os outros! O ponto não é se perguntar se alguém merece ou não sofrer, mas se eu me deixo perturbar pelo sofrimento dele! A dor é um chamado ao amor, à missão; é uma vocação para amar mais! Quantos santos floresceram do encontro com o sofrimento? Pensemos em Santo Inácio de Loyola, que ficou de cama por meses e começou a conhecer o Senhor e a vida interior, percebendo a vaidade da vida mundana. Em São Filipe Néri e Dom Bosco, que partiram em sua missão de educadores ao encontro com o sofrimento das crianças de rua. Em Madre Teresa, que, no encontro com um pobre na rua, reconheceu a voz de Cristo que dizia: “estou com sede”.

Igreja da Dormição de Maria

Aqui está o porquê da parábola do enólogo (Lucas 13:6). A parábola não precisa de explicação. Reflete a visão de Jesus: Israel, como um todo, está longe de Deus. Por meio do ministério de Jesus, Deus oferece a ele a possibilidade de reconciliação. Este é o momento decisivo antes da vinda final do Reino, o ano de graça de que Lucas já falou no cap. 4. Deus tem o direito de nos pedir frutos: Ele bate em nossos corações através dos dolorosos fatos da vida e nos chama a voltar para Ele, a viver na verdade e no amor. A vida é uma questão de significado para cada um de nós. Não somos obrigados a ter uma resposta para todas as razões teóricas da vida, mas a responder às necessidades dos outros com dedicação e cuidado./p>

Também é hora de frutificarmos voltando-nos à misericórdia e abrindo nossos corações para os pobres, para todos aqueles que estão esperando por uma palavra de salvação.

Via Sacra – Jerusalém

Fonte: Bíblia Sagrada.

Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.