Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

Nossa Senhora de La Salette: um ato de reconciliação

De Dentro Geral, Santuários Marianos, Vida dos Santos Em 30/07/2020


A França foi palco de muitas aparições de Nossa Senhora. Comumente nos lembramos das aparições que aconteceram em Lourdes e em Paris. Mas a aparição que aconteceu na comuna francesa de La Salette-Fallavaux teve sua distinção por trazer uma mensagem bastante forte e necessária. As reflexões entregues por Nossa Senhora às duas crianças fazem com que até hoje revejamos nossas atitudes. Sua atualidade nos faz refletir em vários âmbitos. Mas antes de conhecermos a mensagem deixada por Nossa Senhora, vamos saber mais sobre:

Santuário de Nossa Senhora de La Salette

Quem eram as crianças

Estamos falando de Mélanie Calvat (ou Melânia em tradução para o português) e Maximino Giraud que moravam na região dos Alpes franceses. Melânia era uma criança de quatorze anos e já era bastante acostumada a trabalhar nas montanhas cuidando de vacas desde os nove anos.

Maximino Giraud

Já Maximino tinha nove anos e não sabia muita coisa do trabalho. Eles eram crianças muito simples. Maximino foi trabalhar um dia antes da aparição para substituir um funcionário que havia faltado.

Melânia Calvat

Quando Maximino se aproximou de Melânia durante o trabalho, ela não queria que ele ficasse por perto, mas quando ele disse que era novo naquele trabalho ela acabou aceitando.

O dia da aparição

O dia 19 de setembro de 1846 parecia ser um dia comum na vida dos dois jovens, o único fato diferente era o excesso de calor que fez com que após o almoço eles procurassem um local fresco para descansar. Diferente do que estavam acostumados a fazer, eles se deitaram na relva e acabaram dormindo. Quando acordaram, perceberam que as vacas tinham saído de perto deles e passaram a procurá-las.

Imagem de Nossa Senhora de La Salette representando a aparição

Foi durante a busca pelas vacas que avistaram um clarão. Nesse momento, os dois avistaram algo tão forte que era como se o sol tivesse descido a Terra. Eles viram uma Senhora sentada em uma enorme pedra com a mão cobrindo o rosto e ela chorava muito.

Imagem de Nossa Senhora de La Salette representando a aparição

O encontro

Quando as duas crianças encontram Nossa Senhora ficam primeiramente assustadas. A Senhora levantou e cruzou seus braços e disse: “Vinde, meus filhos, não tenhais medo, aqui estou para vos contar uma grande novidade! ” A imagem da Senhora era muito reluzente. Ela estava vestida como as camponesas da região: vestido longo, um grande avental, lenço cruzado e amarrado as costas, touca de camponesa.

Representação da Aparição de Nossa Senhora de La Salette com os pastorinhos.

Tinha rosas coroando sua cabeça, ladeando o lenço e ornando seu calçado. Em seus olhos havia lágrimas que rolavam pelas faces. Sobre os ombros carregava uma pesada corrente. Outra corrente mais leve prendia sobre o peito um crucifixo resplandecente, com um martelo de um lado e do outro um alicate.

A forte simbologia

Nossa Senhora de La Salette

É interessante pensarmos no fato de que Nossa Senhora se apresenta com uma roupa comum às pessoas do lugar. Mostrando uma identidade e conhecimento de tudo que se passava. Também os outros símbolos revelam muito e colaboram com a mensagem de Nossa Senhora, como as correntes que representariam o peso dos pecados dos homens e que também impedem com que Ela os ajude.  A cruz com o martelo ao seu lado esquerdo simboliza os pecados da humanidade que pregaram Jesus na cruz, já o alicate simboliza a remoção desses cravos e a ressureição de Cristo.

O que estava acontecendo na época

A mensagem de Nossa Senhora é bastante forte e muitas vezes pode até ser difícil de ser ouvida. Muitos dizem que ela se assemelha como uma bronca de mãe, para que possamos repensar nossas atitudes. Mas antes de sabermos mais sobre a mensagem, é importante sabermos como estava o mundo naquele momento. Já que esse entendimento tem total relação com o entendimento da mensagem.  A aparição se deu em 1846 e um pouco antes, em 1789, teve início a Revolução Francesa.

A liberdade guiando o povo – Eugène Delacroix

Os ideais da Revolução foram ancorados nas ideias do Iluminismo, que em breves palavras, pretendia fazer com que a razão fosse o direcionamento mais acertado ao homem, o que colocava os ensinamentos de Deus e a própria Igreja em desprivilegio.  Foi neste contexto de tentativa de descentralização de Deus da vida das pessoas que a aparição ocorreu. Havia nos homens daquela época um impulso, quase como um grito de independência de Deus, e quando o homem passa a ser o seu próprio deus sabemos que os valores humanos podem ser corrompidos e a materialização, o dinheiro e a ganância ganham lugar de destaque na vida desses homens. E era o que estava acontecendo quando Nossa Senhora apareceu, não por acaso, chorando.

A mensagem

O que foi dito naquele dia ensolarado no topo de uma montanha pela Senhora, foi uma mensagem densa e que merece muito estudo e análise. Mas vamos nos apoiar em três pontos principais que envolvem as atitudes perante a quaresma, a colheita e ao clero.

Vista do Santuário de Nossa Senhora de La Salette

Nossa Senhora diz em sua mensagem sobre a falta de fé do povo e aponta para ao descaso que as pessoas estavam tendo com a Igreja e a falta de oração. Ela ainda reforça o fato de que a grande escassez na agricultura estava acontecendo por conta dá não conversão das pessoas e para que houvesse melhora era preciso haver empenho: “Se se converterem, as pedras e rochedos se transformarão em montões de trigo, e as batatinhas serão semeadas nos roçados. Fazeis bem vossa oração, meus filhos?

Nossa Senhora também pede às crianças que rezem sempre que puderem, mas que o mínimo seja uma Pai Nosso e uma Ave Maria à noite e de manhã. Sobre a falta de respeito com Seu filho ela ainda diz:

Durante o verão, só algumas mulheres mais idosas vão à Missa. Os outros trabalham no domingo, durante todo o verão. Durante o inverno, quanto não sabem o que fazer, vão à Missa zombar da religião. Durante a Quaresma vão ao açougue como cães.”

As palavras de Nossa Senhora mostram que o momento precisava de uma mensagem mais dura e que fizesse com que as pessoas refletissem, inclusive quando diz que a fome e a pouca colheita se devem ao mau uso do nome do Senhor. Por isso, a expressão “como cães” mostra que sem Deus as pessoas passaram a agir como animais irracionais, além de não respeitaram a Quaresma e a Igreja.

Nossa Senhora de La Salette

Toda a extensa mensagem deixada por Nossa Senhora serviu como um alerta a todos os que estavam vivendo de forma irresponsável diante da fé. Também ficou claro que a maneira como aquelas pessoas estavam vivendo desagradava à Nossa Senhora e a Seu filho. E com os olhos atentos de Mãe, a mensagem se refere não a um único elo da sociedade, mas para todos. A mensagem abrange tanto os camponeses que não iam à missa e blasfemavam contra o nome de Jesus e por essa ingratidão tinham problemas em sua colheita e também àqueles que tinham poder e não respeitavam a Deus. Embora as crianças fossem muito simples e tenham tido algumas dificuldades em transcrever a mensagem, os dois sempre relataram a mesma história. Mesmo se colocados separados, eles nunca se contradisseram. Eles sabiam da importância do que tinham ouvido e da necessidade de que a mensagem fosse transmitida, assim como pediu Nossa Senhora “Pois bem, meus filhos, transmitireis isso a todo o meu povo. ”

O santuário

Atualmente podemos visitar o local da aparição de Nossa Senhora, onde há o Santuário dedicado à Nossa Senhora de La Salette.  Ele foi concluído em 1865. Além da lindíssima paisagem dos alpes, a igreja conta com uma fachada ladeada por duas torres e está localizada a uma altitude de 1800 metros e acerca de 25 quilômetros da cidade mais próxima. Os peregrinos que visitam o Santuário ainda podem percorrer o caminho que conduz ao local da aparição e participar da procissão feita do lado de fora no chamado Vale da Aparição.

Santuário de Nossa Senhora de La Salette

Podemos encontrar estátuas de bronze referentes as diferentes fases da aparição datadas de 1864. Envolto por uma paisagem silenciosa e contemplativa, o Santuário nos faz imaginar que estamos mais próximos do céu tamanha é a calma que encontramos lá.

Uma mensagem sempre atual

Existe uma expressão em latim que diz per mariam ad Jesus, ou seja, por Maria chegamos a Jesus. Isso nos faz lembrar que a missão de Maria é nos levar a Deus, uma missão de Mãe que quer a salvação de seus filhos. Nossa Senhora de La Salette vem como Reconciliadora dos Pecadores, é ela que vem nos mostrar onde estamos errando e para onde devemos rumar. Maria instiga nossa consciência fazendo com que busquemos os valores corretos para uma vida cristã e assim possamos alcançar a verdadeira paz. Que possamos sempre nos inspirar na mensagem dada às duas crianças e refletirmos diante de uma melhora em busca do caminho da conversão pedido por Nossa Mãe; rezando, agindo como cristãos e participando da Missa.

Nossa Senhora de La Salette

Compartilhe!

Posts Relacionados

1 comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.