Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

Nossa Senhora Auxiliadora

De Dentro Geral, Santuários Marianos Em 19/05/2018


A devoção a Maria sob o título de Auxiliadora, quer manifestar a nossa confiança na presença materna de Maria nas lutas da humanidade, da Igreja e de cada um de nós. Maria é a Mãe que nunca abandona os seus filhos, mas os segue com a sua intercessão. Desde 1500, o título de Maria, Auxílio dos Cristãos, se encontra na ladainha. Essa devoção a Maria Auxiliadora já se difundia na época de São Pio V, depois da vitória dos cristãos contra os turcos, em Lepanto (1571), que era a porta de entrada para a Europa. Os turcos estavam destruindo o cristianismo por onde passavam, incendiando igrejas, matando religiosos, violentando mulheres e crianças e destruindo as cidades.

A Europa se uniu em torno do Papa Pio V com o ideal de promover a defesa da vida e da fé do povo e, formou uma esquadra com 208 navios e aproximadamente 80 mil soldados para combater os turcos que avançavam com 286 navios e mais de 120 mil soldados. Os soldados católicos comandados por D. João da Áustria, foram preparados para a batalha com a confissão, o jejum e a oração do rosário durante três dias. Depois partiram para a batalha, e após 10 horas de combate violento, a vitória dos turcos já estava quase garantida, mas, estes, fugiram apavorados, porque viram uma senhora brilhante e majestosa no céu que lhes ameaçava e causava temor. Desse modo, os soldados cristãos venceram a batalha com um auxílio do céu, o de Maria Auxiliadora.

Para agradecer a intervenção de Maria, o Papa introduziu na Ladainha de Nossa Senhora, a invocação “Auxílio dos Cristãos”, e por isso, o título de Nossa Senhora Auxiliadora, que se tornou uma benção para todos os que a invocam nas dificuldades da vida, nas guerras, na luta contra o mal e nos momentos de angústia e sofrimento. O Papa Pio VII, depois de sua libertação da prisão napoleônica (1814), instituiu a festa de Maria Auxiliadora, fixando a data em 24 de maio.

 

Dom Bosco: apóstolo da devoção a Maria Auxiliadora

Em tempos, particularmente, difíceis para a Igreja, Dom Bosco (1815-1888), tornou-se o apóstolo da devoção a Maria Auxiliadora, pedindo a ela ajuda para conservar e defender a fé cristã. Por isso, em 1868, construiu em Turim, na Itália, um estupendo templo dedicado a Maria Auxiliadora, fundou a Associação dos Devotos de Maria Auxiliadora e depois, difundiu em todo o mundo essa devoção. A Basílica de Maria Auxiliadora celebra neste ano 150 anos de fundação. Para Dom Bosco, foi o coração de sua obra e um símbolo de amor por Aquela que foi sua Mestra e Guia.

Dom Bosco, enquanto grande sacerdote e apóstolo da juventude, fundou a Congregação de São Francisco de Sales, sacerdotes, normalmente chamados de Salesianos de Dom Bosco, e também a Congregação Filhas de Maria Auxiliadora, com a colaboração de Santa Maria Domenica Mazzarello. Essas congregações são muito numerosas e, nelas se vê a bondade da proteção de Maria Auxiliadora na difusão de tantas obras assistenciais e em favor da juventude. Desse modo, Maria Auxiliadora, tornou-se a “Nossa Senhora de Dom Bosco”.
 

Clique para ler sobre a história de Dom Bosco, o santo da juventude.
 

Turim: “A Pequena Paris”

A cidade é chamada assim pelo charme de suas praças, monumentos e cafés históricos que testemunham um passado muito rico e glorioso. Por muito tempo, Turim foi a capital do Ducado dos Saboia e, após a unificação do país, também capital do Reino da Itália. É uma cidade vivaz, elegante e está sempre em movimento, convidando a todos para descobrir a sua história antiga e moderna, o que se pode encontrar ao percorrer a cidade passo a passo, sabendo que existem coisas para se ver, para fazer, degustar e saber, o que faz de Turim, uma das cidades mais alternativas da Europa. Uma cidade, que foi capaz de se reinventar depois do final de uma longa era industrial. Uma nova geração transformou a antiga cidade-fábrica em um dos mais avançados cenários musicais, gastronômicos e artísticos da Itália.

Nossa peregrinação pelos Santuários Marianos na Europa ao visitar a cidade de Turim, permite aos viajantes tocar os lugares que foram santificados pela presença de Dom Bosco, revelando momentos de emoção. Para descobrir o lugar, se parte da Catedral (Duomo), que é um esplêndido exemplo de união entre o estilo românico e o barroco, onde está guardada a Santa Síndone. A incursão pode ser continuada com a visita à igreja da Consolata, uma grande obra do barroco piemontês e a Basílica de Maria Auxiliadora, onde Dom Bosco iniciou a sua obra em favor da juventude.

 

Maria, Auxílio dos Cristãos, rogai por nós!

 
 
Fonte:

  • Antonio Borelli – Santi e Beati

 



Conheça os Santuários Marianos com a gente!


Nós temos condições especiais pra você, entre em contato com a gente: [email protected] ou pelo whats app!

Compartilhe!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.