Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

Minha experiência na Terra Santa com a SacraTour

De Dentro Geral, Terra Santa Em 09/07/2020


Quando voltamos de uma viagem sempre queremos contar como foi, não é!? Imagine quando a viagem tem um significado ainda maior; quando é uma peregrinação! Conhecer novos lugares e culturas já é muito empolgante e se esses lugares ainda forem locais Sagrados, envolvendo nossa Fé… você pode imaginar a emoção?! Por isso convidamos nossos peregrinos para nos contar um pouco mais de como foi vivenciar as maravilhas de uma Peregrinação pela Terra Santa. Começamos com a experiência da nossa peregrina, Selma Danieli.

“A ida à Terra Santa foi uma experiência única, foi reviver as Sagradas Escrituras. O lugar que mais tocou profundamente meu coração foi a Basílica onde Jesus nasceu. No momento em que passei pela estrela chorei muito, e ao meditar aquele “sim” de Maria que nos traria a salvação e a Santa Eucaristia, me senti abraçada por Nossa Senhora. Ao chegar em casa me senti inspirada pelo Espírito Santo para compor a letra da música “Mãe da Eucaristia”, que é meu testemunho dessa viagem. Trouxe também, para uma amiga que estava grávida, a imagem de Nossa Senhora amamentando o menino Jesus. Ela, depois, me declarou que teve muito leite ao amamentar, e que até fez doação para o banco de leite. Sou eternamente grata a Deus por ter permitido minha ida a este lugar, e também a Virgem Maria por nos abençoar e transformar nossas vidas.”

Maria José Cremonês também peregrinou conosco em fevereiro deste ano, 2020. O que será que ela achou? Será que a peregrinação mudou sua maneira de encarar a vida? Vamos saber:

“Com certeza foi inesquecível. Neste período tão difícil que estamos passando, tudo que eu senti lá e trouxe no meu coração está me ajudando muito, pois esta tribulação que estamos passando não é nada perto do que Jesus passou por nós. Quando alguém reclama eu falo, “isso não me abala!” depois que vi os lugares caóticos em que Jesus teve que ficar, isso não é nada. Com sinceridade, todos os lugares me marcaram, cada um do seu jeito. Vou escrever sobre o momento da confirmação do meu Batismo, desde o nosso caminhar passando pelos caminhos que Jesus pisou, eu fui meditando e pondo no lugar dele há 2000 anos atrás, com a evolução parece mais fácil, mas não é. Participei da Santa Missa às margens do Rio Jordão, a emoção não me deixava parar de tremer, foi então naquela manhã tão fria que o meu Batizado foi confirmado em nome de Jesus. Eu só digo; tem que ir lá para ver e sentir! Não dá para descrever, cada lugar com a sua história. O filme volta todos os instantes. ”

Kemli Baidun, nossa peregrina, nos contou sobre a emoção de vivenciar os locais Sagrados. Como será que foi para ela poder seguir os passos de Jesus? Vamos descobrir:

“VIVER A TERRA SANTA foi a experiência mais profunda que vivi, em setembro de 2019. Pisar em solo sagrado onde os grandes Profetas conversaram com Deus, rezar junto a gruta em que o Anjo Gabriel anunciou à Maria, sentir o local onde Jesus nasceu, percorrer os caminhos em que Jesus pregou e realizou milagres, emocionar-se no caminho do Calvário, chorar junto ao Santo Sepulcro. Vivências que marcam a alma.

Subir o Monte Sinai é aproximar-se de Deus, como se pudesse tocar os Céus e deixar-se inundar pela presença do Espírito Santo. Andar por Nazaré é acreditar nos desígnios de Deus em nossas vidas e nos fazer crer que a mão divina está sobre cada um de nós, onde a humilde Maria recebeu a visita do Anjo Gabriel e disse o seu “sim”.

Rezar na Igreja da Natividade em Belém é recordar-se que nasceu o Salvador e Ele andou entre nós. Visitar Caná, Jericó e navegar pelo Mar da Galileia trazem um momento de reflexão de todos os milagres e bênçãos já recebidos em minha vida. Renovar o Batismo nas águas do Rio Jordão é renovar a fé, a esperança e reforçar a nossa aliança em Deus e em nossa Igreja. Entrar pelos antigos portões de Jerusalém é compadecer-se das dores e humilhações que Jesus passou para cumprir as Escrituras e nos livrar de todos os pecados.

Ao final desta jornada, cientes que Jesus ressuscitou e triunfou sobre todo o mal e nos ama imperfeitos como somos, transforma esta peregrinação em uma verdadeira oração. Meu coração ainda sente o pulsar da Terra Santa! Parabéns a toda equipe Sacratour pelo atendimento impecável e a guia Silvinha, vocês fazem parte da realização deste sonho! Muito obrigada!”

Pisar em solo sagrado, sentir e viver cada momento de forma tão intensa que acabam registados na memória e no coração. Assim nos conta Maria Clelia Nunes Mota sobre a sua peregrinação:

Nossa Peregrinação pela Terra Santa foi inesquecível e poderíamos dizer que foi “Maravigold”. Nossa porta de entrada foi o Egito, com sua civilização milenar, com a escultura da Esfinge, os túmulos faraônicos de Quéops, Quéfren e Miquerinos, um verdadeiro “banho” de História Geral.

As emoções foram muitas, porém, calaram fundo no nosso coração a travessia do deserto, a escalada do Monte Sinai; apesar de não termos atingido o topo, valeu a pena o esforço da subida que nos presenteou com um lindo alvorecer . A subida do Sinai tem uma paisagem lunar, etérea; a visão lá de cima é deslumbrante!

O tímido sol em tons rubro alaranjado despontando no arrebol, parecia suplicar-nos: “tirem as sandálias porque este chão é Terra Santa” – aquele solo em que pisávamos é sagrado, os raios pareciam a “ sarça ardente, que arde sem queimar, e que escondia a “face de Javé” deixando escapar sua retumbante voz “Eu Sou Aquele Que Sou”, como se apresentara, outrora, ao líder do povo hebreu, Moisés.

Em Jerusalém, onde estive anteriormente, em 1996, a Santa Missa foi celebrada em uma das capelas da Basílica do Santo Sepulcro, pelo nosso Diretor Espiritual, o Pe. Djohn, foi divinal, “não sei se a igreja subiu ou se o céu desceu”, a homenagem prestada pela SacraTour a uma família de peregrinos foi tão forte que as lágrimas incontidas rolaram nas nossas faces. Obrigada a SacraTour, pela nobreza do gesto. Deus abençoe o trabalho maravilhoso de vocês.”

Esses são alguns dos muitos depoimentos que recebemos de nossos peregrinos. É muito bom ouvir e compartilhar experiências tão marcantes nas vidas dessas pessoas, não é?! Parece que ficamos mais pertinho da Terra Santa quando sabemos das emoções através das palavras de quem já foi. Agradecemos a todos os peregrinos que têm nos enviando suas mensagens com suas experiências. E se você também quer contar como foi sua experiência, ou tem dúvidas de como pode ser, escreva nos comentários! E continue Peregrinando de Casa pela Terra Santa conosco.

Compartilhe!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.