Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

MARIA DO “SIM”

De Dentro Geral, Santuários Marianos, Terra Santa Em 06/12/2019


Quando Deus veio morar entre nós, Ele se tornou um homem como nós. E isso foi possível por meio de um grande SIM – o de Maria na época da Anunciação. É por isso que Jesus começou sua jornada nos caminhos da humanidade; Ele começou em Maria, passando os primeiros meses de sua vida no ventre de sua mãe: Ele não apareceu já adulto e forte, mas seguiu todo o caminho de um ser humano. Ele se fez igual a nós, menos no pecado. Por isso Ele escolheu Maria, a única criatura sem pecado, imaculada.

No Evangelho, com uma palavra, ela é chamada “cheia de graça” (Lc 1:28). Significa que nela, imediatamente cheia de graça, não há espaço para o pecado. E nós também, quando nos voltamos para ela, reconhecemos essa beleza: nós a invocamos “cheia de graça”, sem sombra do mal. Maria, jovem desconhecida de uma vila desconhecida da Palestina, será proclamada abençoada por todas as nações (Lc 1:48); Maria, a mulher, considerada a criatura mais distante da santidade de Deus, torna-se sua colaboradora mais imediata; a mulher, responsável pela morte no mundo (Sir 25,24), torna-se portadora de uma vida capaz de superar a própria morte; a mulher, que nem poderia tocar o pergaminho da Palavra de Deus, será a pessoa que dará à luz a Palavra feita homem (Jo 1:14); o Deus que uma vez fala com uma mulher (Gn 18,15) agora chama a mulher de mãe.

Afinal, esse SIM de Maria não é outro senão o SIM de Deus para a humanidade. Maria responde à proposta de Deus dizendo: “Eis a serva do Senhor” (v. 38). É um SIM completo, sem condições. O SIM de Maria abriu o caminho para Deus entre nós. É o SIM mais importante da história. Seu SIM torna-se, antes de tudo, disponibilidade total para deixar espaço para a Palavra, deixá-la viver e crescer em si mesma até que tome toda a sua vida.

Basílica da Anunciação (Nazaré).

Para cada um de nós há uma história de salvação feita de sim e não a Deus. Na jornada de fé de cada um de nós encontramos momentos de luz, mas também encontramos passagens nas quais Deus parece ausente, seu silêncio pesa sobre nossos corações e sua vontade não corresponde à nossa, ao que gostaríamos. Mas quanto mais nos abrimos para Deus, damos boas-vindas ao dom da fé, depositamos totalmente nossa confiança Nele – como Maria – mais Ele nos fará, com sua presença, viver todas as situações da vida em paz e na paz, tendo a certeza de sua lealdade e amor. Mas isso significa sair de si mesmo e de nossos próprios projetos, como fez Maria ao dizer seu SIM para que a Palavra de Deus possa ser uma lâmpada que guia nossos pensamentos e nossas ações.

Deus deseja nos visitar e aguarda o nosso sim, com o qual lhe digamos: Eu acredito em você, espero em você, eu te amo; faça a sua vontade em mim.
Com generosidade e confiança, como Maria, digamos hoje, cada um de nós, esse sim pessoal a Deus.

Compartilhe!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.