Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

Maria do Sim – “Eis a serva do Senhor”

De Dentro Geral, Santuários Marianos, Terra Santa Em 13/04/2020


Quando Deus veio habitar entre nós, Ele se tornou um homem como nós. E isso foi possível por meio de um grande SIM – o de Maria na época da Anunciação. É por isso que Jesus começou sua jornada nos caminhos da humanidade; Ele começou em Maria, passando os primeiros meses de sua vida no ventre de sua mãe: Ele não apareceu já adulto e forte, mas seguiu todo o caminho de um ser humano. Ele se fez igual a nós, menos no pecado. Por isso Ele escolheu Maria, a única criatura sem pecado, a imaculada.

No Evangelho, com uma palavra, ela é chamada “cheia de graça” (Lc 1:28). Significa que nela, imediatamente cheia de graça, não há espaço para o pecado. E nós também, quando nos voltamos para ela, reconhecemos essa beleza: nós a invocamos “cheia de graça”, sem sombra do mal. Maria, jovem desconhecida de uma vila desconhecida da Palestina, será proclamada abençoada por todas as nações (Lc 1:48); Maria, a mulher, considerada a criatura mais distante da santidade de Deus, torna-se sua colaboradora mais imediata; a mulher, responsável pela morte no mundo (Sir 25,24), torna-se portadora de uma vida capaz de superar a própria morte; a mulher, que nem poderia tocar o pergaminho da Palavra de Deus, será a pessoa que dará à luz a Palavra feita homem (Jo 1:14); o Deus que uma vez fala com uma mulher (Gn 18,15) agora chama a mulher de mãe.

Afinal, esse SIM de Maria não é outro senão o SIM de Deus para a humanidade. Maria responde à proposta de Deus dizendo: “Eis a serva do Senhor” (v. 38). É um SIM completo, sem condições. O SIM de Maria abriu o caminho para Deus entre nós. É o SIM mais importante da história. Seu SIM torna-se, antes de tudo, disponibilidade total para deixar espaço para a Palavra, deixá-la viver e crescer em si mesma até que tome toda a sua vida.

Basílica da Anunciação (Nazaré).

Para cada um de nós há uma história de salvação feita de sim e não a Deus. Na jornada de fé de cada um de nós encontramos momentos de luz, mas também encontramos passagens nas quais Deus parece ausente, seu silêncio pesa sobre nossos corações e sua vontade não corresponde à nossa, ao que gostaríamos. Mas quanto mais nos abrimos para Deus, damos boas-vindas ao dom da fé, depositamos totalmente nossa confiança Nele – como Maria – mais Ele nos fará, com sua presença, viver todas as situações da vida em paz e na paz, tendo a certeza de sua lealdade e amor. Mas isso significa sair de si mesmo e de nossos próprios projetos, como fez Maria ao dizer seu SIM para que a Palavra de Deus possa ser uma lâmpada que guia nossos pensamentos e nossas ações.

Deus deseja nos visitar e aguarda o nosso sim, com o qual lhe digamos: Eu acredito em você, espero em você, eu te amo; faça a sua vontade em mim.
Com generosidade e confiança, como Maria, digamos hoje, cada um de nós, esse sim pessoal a Deus.

Compartilhe!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.