Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

As Tentações de Jesus

De Dentro Geral, Terra Santa Em 16/02/2018


No deserto, Jesus entra em uma zona de sombras, de prova, porque o deserto é terra de prova, de tentação. Jesus está caminhando sobre as pegadas deixadas pelos enviados por Deus. Ele revive toda a história de Israel, que uma vez liberado da escravidão no Egito, foi posto à prova no deserto para ver a capacidade de permanecer fiel à Aliança. Desse modo, Jesus sabe que deve preparar-se para aquela que será a prova, a luta cotidiana até a morte.


Ele permanece no deserto quarenta dias, continuamente tentado por Satanás. A sua luta é corpo a corpo; é uma luta interior por meio da qual deve aprender a obediência de Filho. E para isso, ele se esvazia de si mesmo e se rebaixa para fazer a vontade do Pai. Neste sentido, o deserto se transforma em um lugar de experiência, de silêncio, de escuta e de escolhas.

 

O Monte das Tentações

As tentações aconteceram no deserto de Judá, um lugar que a tradição identifica com Jebel Garantal, o Monte da Quarentena, que se eleva sobre a planície de Jericó, a cidade mais antiga do mundo, perdendo talvez, somente para Damasco.


Jericó é mencionada no Antigo Testamento, no livro de Josué ao capítulo 6, como a cidade sitiada pelos israelitas, que depois destroem suas muralhas ao som das trombetas e com a ajuda de Deus, e no Novo Testamento (Lc 19, 1-10), por um tal de Zaqueu, que sendo de baixa estatura, sobe num sicômoro para ver Jesus passar. Esta árvore sicômoro é um dos mais antigos da Terra Santa e encontra-se no centro da cidade de Jericó, sendo conhecida também como a “árvore de Zaqueu”.


Sobre o Monte de Jebel Qarantal, os evangelhos sinóticos colocam um momento especial da vida de Jesus, quando imediatamente depois do seu Batismo, se retirou por quarenta dias e quarenta noites a jejuar no deserto. E neste período, Jesus foi tentado três vezes por Satanás. As tentações visavam que Jesus colocasse em segundo plano o primado de Deus para substituí-lo pelos prazeres da carne, o sucesso e a autonomia da sua vontade.

 

O Mosteiro Greco-ortodoxo das Tentações

Sobre o lugar, onde segundo a tradição, Jesus foi tentado pelo diabo, existe desde 1895, sobre precedentes construções bizantinas e cruzadas, o mosteiro grego-ortodoxo das Tentações, cravado nas rochas. Desta forma, pode-se dizer que o Monte das Tentações e o Mosteiro, contêm a gruta onde Jesus consagrou a primeira Quaresma do Novo Testamento.



 
 
Fontes:

  • Bíblia Sagrada
  • Ariel Finguerman. A Terra Santa do Peregrino.


Conheça nossos pacotes de viagens para a Terra Santa!


Nós temos condições especiais pra você, entre em contato com a gente: [email protected] ou pelo whats app!

Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.