Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

As Tentações de Jesus no Deserto

De Dentro Geral Em 13/03/2019


No deserto com Jesus

O Evangelho deste primeiro domingo da Quaresma nos recordou as tentações que Jesus enfrentou no deserto. O evangelista Lucas diz: “Jesus, cheio do Espírito Santo, partiu do Jordão e foi guiado pelo Espírito ao deserto” (Lc 4,-13).

Por que o deserto? O deserto indica silêncio, um lugar de solidão, onde se pode encontrar-se sozinho diante de Deus.

Monte Sinai

Hoje o mundo tem medo do deserto, do silêncio! Vivemos em uma sociedade onde há tanto barulho, onde falamos de tantas coisas inúteis e pouco sobre Deus!

Este foi o primeiro domingo dos seis planejados. É a primeira etapa de uma viagem no deserto, que dura 40 dias, junto com Jesus, para nos prepararmos para celebrar a Páscoa anual. Afinal, o significado da Quaresma, como nos lembrou a cerimônia das cinzas, é um convite à conversão, para nos renovarmos profundamente no espírito.

Monte Sinai

A palavra conversão em latim significa: “vire-se, refaça seus passos”; em grego: “mudança, transformação”. Conversão, portanto, para nós, significa que devemos voltar nosso olhar para o Senhor, pois nossa peregrinação terrena é um tempo de luta espiritual, isto é, de autenticidade para conosco e para com Deus.

No deserto durante vários dias, Jesus foi tentado pelo Diabo, mas com o poder divino que estava nele, resistiu e humanamente não se corrompeu com as propostas absurdas que vieram do tentador.

Monte Sinai

Jesus nos dá um grande exemplo de como viver a Quaresma e como resistir às várias tentações, das quais três são bem descritas na passagem do Evangelho. Na verdade, Jesus é o exemplo de como lutar contra as tentações fundamentais de todo ser humano: o apego aos bens terrenos, dinheiro, orgulho, desejo de poder e sede de tudo o que é gerir indevidamente sua liberdade. Portanto, ao se retirar para o deserto para orar, fazer penitência e preparar-se para a missão, Jesus nos mostra que é possível superar todas as tentações.

É significativo, a este respeito, o que lemos na passagem da Carta aos Romanos, segunda leitura de hoje, na qual o apóstolo Paulo nos faz refletir sobre a centralidade da palavra na vida de todo cristão. A Quaresma é acima de tudo essa necessidade de confrontar a Palavra de Deus, com um Deus que nos fala continuamente através de vários caminhos.

Monte Sinai

A Palavra de Deus é a arma vencedora de Jesus. Ele apela ao seu poder que age; à sua eficácia que desarma o Diabo, e ao seu poder que gera e transforma. Jesus conhece bem a Palavra, porque Ele é a Palavra; mas ao mesmo tempo é a Palavra que revela sua vocação e missão.

Monte Sinai

A SacraTour deseja a todos uma abençoada caminhada quaresmal.
Fonte: lachiesa.it

Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.