Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

A maravilha e a graça de estar em Terras Santas

De Dentro Geral, Terra Santa Em 03/09/2019


Atualizado em 15/06/2020

 

Estar na Terra Santa é sempre um privilégio de Deus! A travessia do Mar da Galiléia nos permite vivenciar as passagens onde Jesus buscou seus pescadores e acalmou a tempestade, sendo possível sentir sua presença!

Diante o percurso de celebrações, orações, silêncio e vivência das experiências espirituais pessoas, é impossível não voltar modificado!

Passar pelo deserto do Egito é cativante! A peregrinação rumo à Terra Prometida nos faz viver três encontros : com Deus, conosco e a própria natureza!

Para tanto, é preciso se preparar espiritual e biblicamente, pois reviver o caminho da travessia do povo de Deus nos mostra como o deserto é cheio de mensagens e ensinamentos!

Com diversos momentos intensos, o Horto das Oliveiras foi o local onde as primeiras gotas do sangue de Jesus foram derramadas por terra e Ein Karen foi a terra do encontro de Maria com sua prima Isabel.

Apenas estando lá é possível entender como as religiões dialogam, se visitam e se respeitam, como por exemplo a convivência fraterna de judeus, muçulmanos e cristãos na Terra Santa, contradizendo a idéia de guerras, bombas e sangue.

Vivenciando essa experiência na Terra Santa nos convencemos que a Palavra de Deus tem mais sabor por ser um chão onde os pés de Jesus caminharam para nossa salvação! Somos convidados a voltar mais convertidos e missionários para nossas casas, Paróquias e Dioceses.

As ruínas de Qumram, ao lado do Mar Morto, esconderam, por séculos manuscritos bíblicos que foram encontrados apenas nas décadas de 1940 e 1950, considerados hoje os mais antigos registros deixados pela comunidade dos Essênios nos primeiros séculos.

QUMRAM

QUMRAM

Banhando a Jordânia e Israel, o Mar Morto tem esse nome sugestivo porque sua concentração de sal é muito alta, em torno de 300a 350g por litro de água, o que impede que tenha vida dentro dele. Pelo mesmo motivo, toda pessoa que nele entra é capaz de boiar! Uma experiência única e rejuvenescedora, já que as lamas do Mar Morto são medicinais!

Mar Morto

Mar Morto

Também banhando Jordânia e Israel, o Rio Jordão foi onde Jesus foi batizado por João Batista, no início de sua vida pública. O rio faz parte ainda da história do Antigo Testamento, por ele passaram Elias e a cura de Naamã. Neste ponto os peregrinos têm a oportunidade de viver um dos principais momentos de sua peregrinação: a renovação das promessas de batismo!

A Galiléia é o lugar que mais inspira paz durante a peregrinação à Terra Santa! Aqui vivemos muito a vida pública de Jesus. No Monte Tabor que Jesus se transfigurou; no Monte das Bem Aventuranças fez o Sermão da Montanha; em Tabgha multiplicou os pães e peixes, na Igreja do Primado de Pedro tomou café com os discípulos após uma pescaria e convidou Pedro a ser chefe de sua igreja.

Também na Galiléia, temos a cidade de Cafarnaum, onde o mesmo apóstolo Pedro morava; por lá Jesus pregou na Sinagoga e realizou diversos milagres como a cura da sogra do discípulo, do servo paralítico, do filho do Oficial. Foi ali que o Mestre viu sua fama se espalhar por toda região. Mas, o ponto alto desta parada é o passeio pelo Mar da Galiléia, lago de águas salgadas que fará você sentir a paz que procura!

Mar da Galiléia

Mar da Galiléia

Ainda na Galiléia, passamos por Caná. onde Jesus, pela intercessão da Mãe, realizou seu primeiro milagre, transformando água em vinho. Como o milagre aconteceu em um casamento, os peregrinos que estão com seu cônjuge são convidados a renovar suas promessas do matrimônio.

Caná da Galiléia

Caná da Galiléia

O litoral israelita é um espetáculo a parte. Banhado pelo Mar Mediterrâneo, a pequena Israel tem uma costa de tirar o fôlego! Na parada em Haifa, uma das três principais cidades do país, podemos ainda conhecer o Monte Carmelo, onde Elias lutou contra a idolatria dos profetas de Baal. Ao passar por Cesaréia Marítima o peregrino pode chegar perto do Mar e voltar mais uma vez no tempo ao conhecer o aqueduto construído por Herode, no início do primeiro século. O litoral também abriga Jaffa, palco das passagens de Jonas e a Baleia e de Pedro com a menina Tabita.

Conhecida como a Flor da Galiléia, Nazaré abrigou a Sagrada Família por cerca de 30 anos. Nesse lugar santo, Maria deu seu SIM e possibilitou que Deus tomasse sua forma humana. Por lá, muitos locais ainda estão preservados, permitindo sentir a emoção de vivenciar verdadeiramente a história de José, Maria e Jesus. É possível, em Nazaré, conhecer a gruta da anunciação, a fonte em que Nossa Senhora buscava água e a casa em que a Sagrada Família morou.

Basílica da Anunciação - Nazaré

Basílica da Anunciação – Nazaré

Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida do Norte – SP

Compartilhe!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.