Blog Sacratour

4003-6134 ou pelo whats app! [email protected]

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar por Título
Pesquisar por Conteúdo
Pesquisar nas postagens
Pesquisar nas paginas
Menu
SacraTour

Turismo Religioso

A importância dos Santos Católicos

De Dentro Geral Em 04/06/2021


Seja por um milagre recebido, ou pela fé fervorosa, os Santos Católicos têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Mas qual é a importância dos Santos para a Igreja Católica e para a sua vida? Hoje vamos tratar da forte influência que os Santos exerceram modificando o momento em que viviam e também deixando seu rastro histórico.

 Os santos foram pessoas normais, com medos, dúvidas, anseios, mas descobriram a forte ligação com Deus e viram o caminho a ser seguido. A força da conexão com Deus é muito mais forte do que qualquer questionamento mundano. Esses homens e mulheres sentiram o chamado de Deus em suas vidas e abdicaram de suas vidas carnais e seguiram o propósito divino. Os Santos nos deixam um legado inestimável. Mas qual a real relevância deste legado?

Qual a importância dos Santos para o Mundo?

Se olharmos atentamente para a vida dos Santos, vamos perceber que foram pessoas distintas. Eles se destacavam por estarem, de alguma forma, à frente de seu tempo e por defenderem valores essenciais para a preservação do cristianismo.

Se Jesus Cristo nos deixou um legado para que vivêssemos de acordo com os Seus ensinamentos, ou seja, vivendo na verdade, no amor, na renúncia e na caridade, os santos, por sua vez, se esforçaram para aprimorar suas vidas nos aspectos do caráter de Cristo. Como, por exemplo, São Francisco que é conhecido por ter dedicado sua vida  à caridade e a renúncia.

São Francisco de Assis

É certo rezarmos para os Santos?

Você já se perguntou, ou passou levemente pela sua cabeça a seguinte dúvida: Jesus é o único intercessor junto a Deus, então por que rezamos para os santos? Essa questão pode divergir em resposta para algumas religiões, mas para nós, católicos, o entendimento é claro – Jesus é o único mediador entre Deus e os homens. Mas e os santos?

Peregrina em oração. Fonte: Canção nova

Corpo de Cristo

Nós fazemos parte corpo de Cristo. Jesus Cristo não está sozinho. Isso nos ajuda a entender que os santos fazem parte de um elo de união com Deus. Os santos já alcançaram a bem-aventurança. Eles podem interceder por nós para que possamos cumprir os desígnios divinos. Assim como vemos na Carta de São Paulo (Hb 7,25) em que os iluminados pela intercessão divina devem guiar os que ainda não encontraram a bem-aventurança como nós.

Os milagres

 Por intermédio dos santos, vemos as maravilhas da fé professadas através dos milagres. Os exemplos são extremamente extensos. Você deve se lembrar ou mesmo ter um santo em que se apega para pedir intercessão. Desde a época apostólica os milagres eram concedidos pela intercessão dos santos. São Paulo foi um exemplo de conversão e de milagres que recebeu e concedeu.

Para cada aflição na Terra há um santo no céu?

Quem já se apegou a um santo por sua causa, sabe do que estamos falando.

Há uma grande gama de santos na Igreja católica. Podemos encontrar a celebração da memória dos santos diariamente. É claro que a popularidade do santo está estreitamente ligada a fidelidade dos devotos.  Você sabe qual o santo celebramos hoje? Neste site, você pode encontrar o santo de cada dia e sua história.

Santa Rita de Cássia

O fato de existirem muitos santos não quer dizer que o processo de reconhecimento pela Igreja seja fácil, ou banalizado . Os Santos são reconhecidos por meio de um processo canônico, celebrado pela autoridade oficial da Igreja Católica Romana. Para que assim possam ser considerados modelos de vida cristã que nos ajudam a suportar as aflições terrenas.

O que os santos nos ensinam

Mosaico com representação de São Padre Pio

Os Santos são os verdadeiros discípulos de Nosso Senhor Jesus Cristo. As vidas desses homens e mulheres são a doutrina e os ensinamentos da Santa Igreja postos em prática. Desta forma, a vida dos santos são modelos que temos para conhecer e imitar, para buscarmos nossa salvação. Em cada santo podemos identificar o exemplo de vida a ser seguido.

São Padre Pio

Santo São Padre Pio
São Padre Pio

Um modelo muito claro a ser seguido é o da vida de São Padre Pio. Ele foi um verdadeiro missionário da misericórdia. O Santo teve uma vida de muitas dificuldades. São Padre Pio era apaixonado pela eucaristia e conseguiu traduzir todo o seu amor em obras para os mais necessitados. São Pio foi um exemplo de doação em misericórdia e caridade e buscava tudo que estivesse ao seu alcance para aliviar o sofrimento das pessoas.

Outro exemplo de bondade e caridade encontramos em São João Paulo II.

São João Paulo II em visita ao Brasil

Enquanto Papa, João Paulo foi um grande evangelizador e à frente da Igreja promoveu a união com vários encontros como o da família, da paz e dos jovens. São João Paulo II é um forte exemplo de bondade e caridade. Ele marcou o coração dos brasileiros ao ser o primeiro Papa a visitar o Brasil.

A vida dos Santos nos transforma

Quando lemos mais sobre a vida e trajetória do Santos, entendemos mais sobre as nossas próprias vidas e encontramos muitas respostas. A leitura da vida dos Santos juntamente com o Santo Evangelho nos faz mais fortes e nos direciona ao caminho da verdade.

São Paulo

Assim como o Apóstolo Paulo, nós encontraremos a verdade quando deixamos nossos corações abertos a Deus. 

Apóstolo Paulo

São Paulo foi uma dos maiores propagadores do cristianismo, pois entendia a necessidade de levar a palavra de Cristo. Ele enfrentou as mais improváveis dificuldades, mas ele tinha um propósito maior que a própria vida e viveu em prol da evangelização.

Como se alcança a santidade?

Sabemos que geralmente a vida dos santos em princípio se parece com a de outra pessoa qualquer. Mas em meio a vida cotidiana, que pode ser ela muito cruel ou aprazível, os santos sentem suas vidas ligadas ao chamado de Deus. E partem para uma vida de vocação como foi o caso de:

Santa Terezinha do Menino Jesus

Jardim da casa de Santa Terezinha

Santa Terezinha do Menino Jesus já muito cedo havia cedido ao chamado à vida religiosa. Com apenas 11 anos, em viagem a Roma, pediu ao Papa uma autorização para que pudesse ingressar na vida religiosa.

Santa Terezinha jovem

A partir de então, Santa Terezinha revelou sua santidade através das pequenas coisas, das pequenas atitudes cotidianas feitas com amor e simplicidade.

Igreja de Santa Terezinha do Menino Jesus

Tendo Jesus como seu melhor amigo, ela dizia “A oração é um impulso do coração, um simples olhar para o céu, um grito de amor e gratidão na provação e na alegria; é algo enorme e divino que dilata o nosso íntimo e une a Jesus.”

Santo Antônio de Pádua

Santo Antônio de Pádua

Assim como Santa Terezinha do Menino Jesus, Santo Antônio de Pádua buscou espelhar sua vida em Jesus. Ele dedicou sua vida aos pobres e ficou conhecido como o Santo dos milagres. Tendo o menino Jesus em seus braços, como símbolo de sua devoção, o santo tornou-se o protetor das crianças e foi um grande expoente de evangelizador.

A simplicidade da vida dos Santos

Ao longo dos séculos muitos santos e santas foram reconhecidos pela Igreja católica. Entre os dons que podemos mencionar, muitas vezes os santos se tornam mensageiros da palavra de Deus.

Santa Bernadette

Santa Bernadette

Por intercessão de Nossa Senhora, a pobre menina do sudoeste da França, foi escolhida para transmitir as palavras e ensinamentos da Virgem Santíssima em suas aparições na Gruta Massabielle. Santa Bernadette dedicou toda sua vida ao amor em Cristo e viveu de maneira humilde. Sempre deixando de lado qualquer interferência que não levasse a Deus.

Os Pastorinhos de Fátima

Assim como Nossa Senhora escolhe a pequena Bernadette, na França. Em Portugal os três pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta, puderam testemunhar em Fátima a aparição de Nossa Senhora.  Mas como crianças tão humildes e analfabetas poderiam estar com Nossa Senhora?

Papa Francisco nos responde lembrando que a era o que guiava os videntes:

Como um exemplo para nós, temos diante dos olhos São Francisco Marto e Santa Jacinta”, que com sua fé na Virgem receberam “a força para superar as adversidades e os sofrimentos”

Todos os Santos rogam por nós

Representação de Todos os Santos

 A beleza da vida em santidade nos coloca em comunhão com Deus. Homens e mulheres santos, das mais diferentes épocas,  foram capazes de transformar o ambiente a sua volta. Além disso, com o modelo de suas vidas espelhadas em Cristo, nos inspiram e nos ensinam como verdadeiros imitadores de Cristo que são. Como nos diz Papa Francisco:

 “A solenidade que celebra Todos os Santos, nos lembra a vocação pessoal e universal à santidade, e nos propõe os modelos seguros para este caminho, que cada um percorre de forma única e irrepetível, segundo a ‘fantasia’ do Espírito Santo. Basta pensar na inesgotável variedade de dons e histórias concretas que existem entre os santos e as santas, que a Igreja reconheceu ao longo dos séculos e que continuamente propõe como testemunhas do único Evangelho”,

Compartilhe!

2 Comentários

  • Antonia 2 MESES AGO

    Desde criança já gostava de ler a vida dos Santos. Participei da viagem aos Santuarios Italianos e foi um tempo de muita fé e devoção.

    Responder
    • Equipe Sacratour 2 MESES AGO

      É mesmo muito emocionante conhecer a vida dos Santo de perto , Antonia!

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.